Brother Gunner

Logo na orelha do livro o leitor já é advertido do coquetel molotov que está prestes a explodir; nele ele irá descobrir como Steven Adler conheceu Slash aos 13 anos de idade, tentou entrar na Marinha, dos abusos sexuais que sofreu aos 14 anos, como salvou Nikki Sixx de uma overdose, transou com a irmã de Tommy Lee, participou de uma orgia regida por Steven Tyler e de outra por Nick Sixx, e de sua expulsão do Guns N’ Roses.

Os chamativos (e impactantes) tópicos acima, são apenas os canapés de entrada da jornada de conquistas épicas e tragédias gregas que permeiam a vida do primeiro baterista gunner, muito bem relatadas em sua autobiografia lançada no Brasil em 2015 pela editora Edições Ideal: Meu Apetite Por Destruição-Sexo, Drogas e Guns N’ Roses.

Continuar lendo

Anúncios

R.I.P Pop Music

Prince

Há quase 7 anos, estava completamente devastado e inconsolado com a perda do meu ídolo e estrela-guia musical Michael Jackson; ainda no rastro daquele trágico 25/6/2009 eu acreditava e gritava aos quatro cantos que a música tinha morrido!
Continuar lendo

Nós Conseguimos O Melhor

A banda mais quente do planeta!

A banda mais quente do planeta!

Uma dúvida que pairava em minha mente, e creio que na de alguns fãs, antes do show do Kiss começar era: “Será que a voz do Paul Stanley, comprometida pelos seus 63 anos, irá tirar o brilho do espetáculo?”.

Continuar lendo

Disco Símbolo

Destroyer

Com uma extensa e rica discografia, fica difícil escolher um álbum para simbolizar uma carreira como a do Kiss; sabe aquele papo do pai e a mãe que não consegue eleger o filho favorito numa numerosa família? Pois é.

Mas, se tem uma obra prima dos quatro caras de rostos pintados de Nova Iorque que merece ser focada para fazer o debut do grupo aqui no blog, não tem como ser outra escolha: Destroyer.

Continuar lendo

Back To 80’s

Steel Panther

Muito laquê no cabelo, lápis nos olhos, maquiagem pesada, calças apertadas (e com pele de onça se possível), riffs pegajosos, solos furiosos, groupies, festas, sexo e mais sexo, arenas lotadas e som no talo!

Vendo assim, a descrição acima seria de alguma banda da cena hard/glam de Los Angeles nos anos 80, mas, por incrível que pareça, ela cai como uma luva para um dos grandes destaques dos anos 00’s: Steel Panther.
Continuar lendo

Os 13 Sintomas

Festival que mobilizou a população mundial em 1985 na luta contra a AIDS, deu origem ao dia do rock.

Não é exagero afirmar mas, há exatos 27 anos atrás, um mega evento fez com que a Terra literalmente parasse: acontecia o Live Aid, cujo objetivo era o de conscientizar a população mundial sobre uma grave doença, que nos 80 e 90 era a garantia de morte: a AIDS.

Continuar lendo

Clic Certo Na Hora Certa

Fotógrafo norte-americano, Bob Gruen, através de sua grande obra acompanhou e registrou de perto a linha evolutória do rock.

Um grande fotógrafo é aquele que além de saber utilizar de maneira correta seu equipamento, está no lugar certo, na hora certa e dá o clic certeiro, em cuja fotografia ficarão registradas a essência de um lugar, pessoa, monumento e momento da história, para todo o sempre. Se há um grande artista que pode se orgulhar de reunir todas essas características essenciais para a execução de seu trabalho, este alguém é o norte-americano Bob Gruen.

Continuar lendo

A Jornada de um Headbanger Continua

Continuação de documentário de Sam Dunn mostra como o heavy metal está inserido no processo de globalização.

Quando estava começando minha viagem rumo ao Rock In Rio 4, recebo de um dos meus amigos que me acompanharia ao festival, e que é dono de uma locadora bem interessante em minha cidade , uma das melhores notícias musicais/cinematográfica, o documentário Metal Uma Jornada Pelo Mundo Do Heavy Metal havia ganhado uma continuação: Global Metal.

Continuar lendo

Ganhando Voz Na TV

Programa apresentado por Serginho Groisman, revolucionou o jeito de se fazer tv e a linguagem do jovem brasileiro.

Com o fim do ano se aproximando, e 2012 já batendo na porta, as previsões, planos, palpites e metas já começam a ser feitos, porém o que  gostaria de fazer nessa reta final de 2011 é o caminho oposto, gostaria de convidar você leitor do blog a uma saudosa volta ao passado, mais especificadamente aos anos 90, e relembrar uma das coisas que fizeram valer (e muito) a pena ter vivido aquela década: Programa Livre.

Continuar lendo

Lordi

“Lordi é uma banda de hard rock proveniente de Helsinki, Finlândia. Existe desde 1996 mas só ficou conhecida em 2002, ficando mundialmente famosa depois de vencerem o Festival Eurovision da Canção 2006 com o tema “Hard Rock Hallelujah”.”

É essa descrição que você encontra por todos os lados, mas na minha opinião são os salvadores do Hard Rock no novo milênio, fazem uma musica de ótima qualidade, com riffs e refrões  bonitinhos [ô anos 80], tem fantasias e são bastante teatrais, tanto é que cada membro tem sua historia separada [sucessores do kiss, talvez por isso goste tanto dos caras!].
Ponto forte também são os clipes bem feitos!!! [Me identifico muito também com a historia do guitarrista Amem , que só teve problemas com o Rock n’ Roll]  A “Bringing back the balls to rock” e “Would You Love a Monsterman” me faz lembrar toda minha época sofrida e divertida de Hard Rock, tempos bons…
Mas voltando ao planeta terra… Recomendo Está banda a todas pessoas que curtem os anos 80 e dizem que o Hard Rock e as musicas daquele estilo morreram! This is Rock and roll/Hard Rock/ Heavy Metal!

*Ponto negativo: Não são americanos, ou seja não vão ser tão valorizados mundialmente. rsrsrs