Nada se cria, tudo se copia

Até aonde você pode separar referencias e homenagens do tal “Xerox” (para ser delicado)?! ROY LICHTENSTEIN entrou no último item em minha opinião, boa parte de suas famosas artes são ctrl + c (sem direito a créditos) de muitos Continuar lendo

1602

Ilustração da Capa de Scott Mckowen. Releitura da Gravura dos Conspiradores de Guy Fawkes de 1605.

1602 trata-se da historia de alguns personagens da Marvel adaptados na Inglaterra no inicio do século 17, ícones como  Quarteto Fantastico, X-men, Nick fury e outros são meros personagens nessa fabulosa trama escrita pelo fabuloso Neil Gaiman e desenhada por Andy Kubert, a qual se encontra em intrigas no reinado da Rainha Elisabeth, dramas dos personagens em duvidas com Religião e Política. Você vai encontrar na revista também decapitação,  inquisição,  guerras, seres fabulosos e grandes sacrifícios, luta pela liberdade, reconhecimento e muitos fanáticos religiosos que eram típicos na época. Uma grande luta de sobrevivência e um grande mistério para descobrir quem é o personagem temporal perdido ali naquela historia de homens simples.

 

“1602” foi minha ultima leitura do ano, e com certeza será a primeira do novo  ano, pois irei reler esse maravilhosa historia novamente. Existe algumas coisas que me faz ter orgulho de ser admirador da 9ª arte, está revista a qual ganhei de presente da Maravilhosa Ana Paula no Natal é uma delas. Essa edição com certeza é uma grande homenagem a Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko que são os criadores clássicos da Marvel.