Eclipse (Vampiros e Tribos)

A história é marcada por filmes de vampiros: O aventureiro “Anjos da Noite”, O herói “Blade”,  o poético “Drácula de Bram Stoker”, o legal “Van Helsing”, o divertido “Os Garotos Perdidos”, o histórico “Entrevista com o Vampiro”, o atual que é a saga Crepúsculo, e outros, muitos outros…

Eu em particular acho que o melhor de todos – o que mais me agrada em estilo, musica e tudo – é Vampiros de John Carpenter, é maravilhoso! Depois fizeram uma pseudo continuação com o Mega Rockstar Bon Jovi, que ficou uma Mega bosta”

Mas enfim…vamos ao atual.

Ontem fui ver o tão criticado/elogiado e etc… “Eclipse”, da saga Crepúsculo, achei ele mais fraco que os anteriores da saga, mas consegue ser melhor que Blade, na verdade bem melhor! Não engulo os lobos transformarem igual power rangers (apesar de ter um ótimo visual de lobos/cultura americana), e nem os vampiros serem de isopor, e a ausência de sangue (Sou fã do Tarantino e me sinto incomodado com pouco sangue), mas sei que  o filme é para o público Teen, ai já tem um desconto!!!  A história é pseudo romântica-jovem-conservador!

Os parabéns ao filme é pelo fato de ter feito uma tribo, assim como na minha epoca teve Star Wars. Depois Matrix, Senhor dos Aneis e Harry Potter…  Todas tribos seja em rock, filme, estilo e gostos vão ser criticadas por outras tribos ou por aqueles que não pertencem ao seu planeta. É como religião, não se discute. E que venha a proxima tribo…

*Cena Fail: Os vampiros andando na água, você viu isso John Carpenter? rsrs

Gênero: Fantasia, Suspense e Romance
Duração: 124 min.
Origem: Estados Unidos
Estréia 30 de Junho de 2010
Direção: David Slade
Roteiro: Stephenie Meyer e Melissa Rosenberg
Distribuidora: Paris Filmes
Censura: 12 anos
Ano: 2010

Abaixo vai o vídeo “CREPÚSCULO PARA HOMENS”

Vídeo chupinhado de:   http://www.interney.net/blogs/melhoresdomundo/2010/07/12/e_se_os_mdms_dirigissem_crepusculo/#more42850


Musica & Design #2

Essa banda vi fuçando por ai…  e me encantei com o clipe, uma maravilha visual, eu que gosto de fontes e logotipos fiquei boquiaberto com o mesmo, e o som não fica para traz não! Está é:

Black Drawing Chalks

A banda começou na faculdade de Design Gráfico,  o nome da banda que significa “Carvões pretos para desenhar”  com álbuns elogiados, a banda Brazuca já abriu shows para o  Nashiville Pussy, Motorhead e Eagles of Death Metal.

Como diz a musica “Viva essa vida com estilo para se fazer forte”

A Estréia Literária De Jay Jay

Este é o primeiro livro de João Júnior(também proprietário deste blog), cuja trama policial mostra que as aparências enganam e muito, mostrando que assim somos nós julgando as pessoas por silhuetas: mas a história mostra que as coisas não são bem assim.

O livro foi desenvolvido como trabalho acadêmico do professor de Redação Publicitária I e “Boss” do Jay Jay, Igor Ribeiro.

Sobre a arte da capa, Jay Jay fez caco por caco manualmente, o significado são vários cacos ou histórias formando uma pessoa e a única coisa colorida na vida desta mesmo ela não percebendo, está para ser acertada por duas balas.

Confira alguns comentários sobre o livro:

“O leitor vai se sentir envolvido pela história, a vida dos personagens, a trama que se cria e sem dúvida vai criar um monte de perguntas acerca da própria vida.
Este conto, contado com uma linguagem bem popular, passa pela vida de um policial que tem tudo para ser um exemplo para a sociedade e para família..
Sem dúvida, este conto traz uma reflexão acerca da vida, não somente na história que é narrada e criada, mas o que leva uma pessoa a ser algo tão diferente do que ela realmente sonha.”

Haroldo Borges Veloso

“O Inimigo Oculto, mais que uma simples narrativa policial, é também uma forma de retratar uma realidade comum e invisível aos olhos das pessoas. Realidade esta que faz com que certezas sejam questionadas, que relações sejam modificadas, que sonhos sejam abandonados… Não, seria alguém com um inimigo (oculto) mais forte que ele mesmo, que em determinado momento veria sua vida se passando em sua cabeça como um filme e não poderia fazer mais nada para que esta fosse modificada por ser tarde demais. Por ter errado demais. Por ter sido fraco frente ao seu maior adversário: O Inimigo Oculto.”

Ana Paula de Lima

“Para o autor é a realização de sonho, carregado de trabalho, estudo, leitura de outros livros, aprendizado de novas ferramentas tecnológicas, uma busca incansável pela buscado conhecimento. Um luta até desleal, pois para ele será uma luta eterna, mas tenho certeza não desestimulante.
Para o leitor um prazer em imaginar como seria esse sonho, já que também um dia na sua vida esse também foi o seu sonho. Uma mistura de passado, presente e futuro.
O prazer de ver esse resultado final é perceber que sempre haverá oportunidades e espaço para o alternativo, para o trabalho, para o sonho, para talentos em mundo escuro capitalista.
Já sonho com a segunda obra que deve estar por vir e tenho certeza que o leitor irá sonhar também e já viajar, imaginar qual será esse novo sonho. ”

Marlon Wender

Clique na imagem da capa e faça o dowload do livro.

Musica & Design

Musica & Design = Porno!?

Tahuna Breaks – “Giddy Up” Banda de um funk / raízes, Nova Zelandia. Mas o que me chamou a atenção mesmo foi a Illustração, muito foda!  Direção e ilustrado por Morgan Leah. Editado e animado por Leirkjaer Morten. Produzido por Fish Clips na Nova Zelândia. Uma canção sobre um tema atrevido naughty visualmente representado dentro de uma paródia de um clássico infantil dos anos 70.

Para maiores de idade:

E quem for menor de idade, olha o original:


Fonte: http://haznos.org/2010/05/tahuna-breaks-giddy-up/

Fúria de Titãs

Ontem dia dos namorados, nada melhor que uma pancadaria [só na tela] no romance. Então fui ver o filme que me encantou pelo exagerado teor de efeitos especiais como vi no trailer e sou fã de historias que remete a cultura Grega!
Não é tão exagerado e sangrento como o jogo  God of War, mas também, nem o mesmo creio eu terá uma adaptação a altura do jogo.
Fúria de Titãns é um Remake de um filme Britânico de 1981 filme B onde as criaturas eram feitas de “stop motion”.

Conta a historia de Perseu que é fruto da união entre a uma mulher e Zeus, portanto é um semideus, Perseu teve sua familia (de criação) acidentalmente assassinada e entrou no conflito contra os Deuses. Escorpiões gigantes, Medusa [que ficou com uma aparencia incrivel], homem besta[corno] amaldiçoado, Hades, Bruxas [me lembra labirinto de fauno] e o poderoso Kraken foram os desafios do Semideus. Perseu é o tipo de Herói sofredor, que não quer glória é cabeça dura e tem muita sorte de ter seu pai como ajuda forçada!

O Semideus teve como maior desafio a critica, que caiu matando em cima do filme, porem ele foi sucesso de bilheteria pelo mundo.

É um filme bom p/ quem não gosta de dormir com mimimimimi no cinema! Ação desenfreada!

A Medusa é muito foda neste filme.

Genero: Ação, Drama, Aventura
Ano: 2010
País: Inglaterra
Cor: corlorido
Distribuidor: Warner Bros.
Duração: 118 min.
Idioma: Inglês
Direção: Louis Leterrier (fão de Cavaleiros do Zodiaco)
Clasificação: Consulte
Data Lançamento: 21/05/2010
Site: clash-of-the-titans.warnerbros.com
Tipo: Longa Metragem

Y o Último Homem

Volume 1 - EXTINÇÃO

Todo homem já pensou “e se eu fosse o último homem do planeta?”, imaginam que seria tudo uma maravilha, levariam uma vida de rei/deus…pena que eles estejam enganados: assim mostra a revista em quadrinhos da linha adulta chamada VERTIGO.

SÉRIE VENCEDORA DE TRÊS PRÊMIOS EISNER! (MELHOR SÉRIE REGULAR, MELHOR DESENHISTA E MELHOR ROTERISTA)

Em 2002, misteriosamente, todos com o cromossomo Y foram destruídos, vomitaram sangue e bateram as botas (até os Rolling Stones). Com exceção  de Yorick e Ampersand (seu macaco). Com o domínio das mulheres o mundo mudou um bocado: modelos siliconadas viraram cata lixo (corpos mortos de homem), viúvas querem a todo custo o lugar político de seus falecidos, muitas mulheres ao redor do mundo se alistando no exército.

Antes de perder a conexão, Yorick tinha acabado de pedir sua amada Beth (que estava na Austrália) em casamento. Aí começa o longo caminho deste sobrevivente querendo ir para o encontro de sua garota: perseguido por republicanas, cientistas, todos os outros países e o pior as amazonas (essas cortam um dos seios, assim como as verdadeiras amazonas) que são da turma que odeia os homens; elas acham que foi uma benção, um recado divino, eles desaparecerem e caçam/matam até mesmo as garotas travestis, com medo de elas serem homens.

Esta é apenas o volume 1, estou ansioso para o restante! É o tipo de história bem cabeça, engraçada e interessante, apesar de ter um contexto sangrento e triste. Até mesmo aquela pessoa que odeia quadrinhos iria se encantar com a trama. Recomendo e assino em baixo.

Não escorregue o dedo no gatilho.

Rezo para que ela NÃO vire filme, pois estou começando a achar que os quadrinhos viraram roteiros para diretores desmiolados, que não têm um pingo de inteligência e criatividade para criar porra nenhuma…e adaptações…sempre deixam a desejar!

FICHA TÉCNICA:

Nome original: The Last Man – Unmanned
Editora: Vertigo
Roteiro: Brian K. Vaughan
Arte: Pia Guerra
Arte-final: José Marzán Jr.
Cores: Pamela Rambo
Letras originais: Clem Robins
Capas: J.G. Jones

Tradução: Fábio Fernandes/FD
Letras: Daniel de Rosa
Edição: Fabiano Denardin / Bernardo Santana
Editora: Panini

Homem de Ferro 2

É um bom filme, tem os dilemas e é inteligente,  como nas histórias em quadrinhos, mesmo eu querendo ir ao cinema e ver só pancadaria e sangue e…mas, é bacana!

Porém, como sempre filtraram o filme para não chocar ou não ser visto negativamente por algumas pessoas, Tony Stark (Downey Jr.) é um alcoólico (ver arco Demônio da Garrafa nos gibis), é um cara frio para caramba (quase um robô) e é o herói mais galinha, já criado pelo ser humano!

No filme não, ele é um carinha que fica desesperado pois está sendo infectado e começa a cair nos excessos.

Aí o cara nos quadrinhos.

É uma adaptação, sempre esqueço.

Personagens:

Downey Jr. (Tony Stark): O cara é um ótimo ator, deixa o personagem muito interessante, fabuloso! Seguindo a trajetória do Filme, Tony está na mesma!

Ivan Vanco (Rouke): Ivan tem um papel no filme bem interessante, me fez lembrar até o Rocky 03, o “Clubber” treinando e dando uma surra no Rocky! Agora não posso falar do Mickey Rourke, pois sou fã do cara! Adoro as interpretações dele.

Scarlett (Viúva Negra): Tem momentos engraçados com ela, esperto do Jon Favreal, que, além de ser ator e diretor, contracena com ela sempre!

Gwyneth (Pepper Potts): Não é ruim, mas é a mais fraca do filme! Papelzinho meia boca. Ela é uma mãe para o Tony.

Terrence (Rholdes): Não tenho nada a declarar, algumas pessoas nem perceberam, mas este é aquele amigo do Stark no primeiro filme: substituição de ator. O personagem carrega um grande dilema entre seu amigo louco e seu dever com o Tio Sam.

Sam Rockwell (Justim Hammer): De onde esse cara saiu? Não conhecia o trabalho dele, achei fabuloso! Ótimo ator. O Hammer é um bonachão bem bacana! Esses vilões com estilo fazem a diferença.

Gostei mais do roteiro, história e composição do primeiro filme, mas em questão de atores e trama, este é bem melhor.

Vi ele ontem, um grande esforço na verdade, pois estou dengoso. Claro que tive umas regalias: carona do Love e etc…

FICHA TÉCNICA:
Título original: Iron Man
Gênero: Aventura
Duração: 02 hs 06 min
Ano de lançamento: 2008
Site oficial: http://www.homemdeferro.com.br
Estúdio: Dark Blades Film / Marvel Entertainment / Road Rebel
Distribuidora: Paramount Pictures / UIP
Direção: Jon Favreau
Roteiro: Art Marcum, Matt Holloway, Mark Fergus e Hawk Otsby, baseado em personagens criados por Stan Lee, Don Heck, Jack Kirby e Larry Lieber
Produção:Avi Arad e Kevin Feige
Música: Ramin Djawadi
Fotografia: Matthew Libatique
Direção de arte: Suzan Wexler
Figurino:Rebecca Bentjen e Laura Jean Shannon
Edição: Dan Lebental
Efeitos especiais: Industrial Light & Magic / The Orphanage / Lola Visual Effects / The Embassy / Pixel Liberation Front / Stan Winston Studio / Gentle Giant Studios