Quebrando Tabus

Filme de Jonathan Demme,lançado em 93, foi importante na luta contra o preconceito dos portadores da AIDS.

Se teve um assunto que amedrontou muita gente nos anos 80 e 90, foi a doença que alguns chamavam de maldita, câncer dos gays, cura do homossexualismo, enfim a AIDS.Muitas idéias pré concebidas foram ditas sobre ela, como por exemplo, que o toque com um portador do vírus da HIV transmitia a doença, ou se passava por um espirro!

A luta para acabar com este preconceito idiota foi enorme. Por mais que os médicos e especialistas dissessem que muitas coisas ditas sobre a AIDS fossem mentira, de nada adiantava. Parecia uma luta perdida. Mas no ano de 1993 é lançado um grande filme de Jonathan Demme (o mesmo diretor de O Silêncio Dos Inocentes) que ajudaria e muito nesta luta e a quebrar esse tabu: Filadélfia.

Continuar lendo

Encontro por Acaso

A forma como conheci as obras, do maravilhoso artista Keith Haring foi duas vezes por acaso.A segunda foi ontem de madrugada, ao assistir o Notícias MTV que noticiava uma exposição com obras de Haring em São Paulo.Ao me deparar com os desenhos veio um click na minha mente:  “Já vi essas imagens antes!” E realmente as tinha visto, na minha infância, quando minha mãe tinha uma blusa de fundo branco com várias imagens que eram desenhos dele, que ela usou muito em 94 e 95.

Artista usou várias de suas obras como combate à AIDS

Keith Haring estudou durante dois anos (de 76 a 78) na escola de artes de Pittsburgh.Antes de concluir o curso transferiu-se para Nova Iorque, onde começou a se interessar pelos graffitis e ganhou notoriedade ao desenhar com giz as estações de metrô da cidade.

Na década de 80 pintou vários murais pelo mundo- de Sidney a Amesterdão e até mesmo o muro de Berlim.Amigo pessoal da cantora Grace Jones, o artista pintou a artista em seu filme Vamp (de 1986).

Haring pintando a cantora Grace Jones para o filme Vamp

Em 88 assume para Rolling Stone EUA, que é um portador do vírus HIV.E em seguida funda a Keith Haring Foundation, em favor das crianças vítimas da AIDS.

No ano seguinte faz sua última obra pública, perto da igreja de Sant’Antonio Abate,em Pisa, Itália, o grande mural batizado de Tuttomondo, que é dedicado à paz mundial.

Painel Tuttomondo, na Itália, é a última obra do artista

No dia 16 de fevereiro de 1990, vítima de complicações de saúde relacionadas à AIDS,Keith Haring faleceu aos 31 anos.Assim como todo grande artista genial, suas obras ficaram imortais e são e serão por todo o sempre admirada por milhões e milhoes de pessoas mundo afora.

Abaixo segue algumas das obras fantásticas do artista: