Blood Sugar Sex Magik: Os 25 Anos Da Consagração Do Red Hot

blood-sugar-sex-magic

Por Renato Gonzaga

24 de setembro de 1991. A data que ficaria marcada com o lançamento de um dos maiores discos de todos os tempos: Blood Sugar Sex Magik. Para muitos fãs, este é o melhor trabalho já lançado pelo Red Hot Chili Peppers e não é difícil entender o porquê.

Continuar lendo

Anúncios

Desafio Do Segundo Disco

Lançado em 1986, segundo disco disco do Legião urbana é o melhor trabalho do grupo

Quando o Legião Urbana entrou no estúdio em janeiro de 1986 para gravar seu segundo disco tinha uma tarefa nada fácil: conseguir gravar um material à altura do primeiro álbum e fazer um sucesso semelhante ou maior.O desafio era grande, pois o primeiro trabalho da banda (que carrega o nome da mesma)  conseguiu ótimas vendas e das 11 faixas 7 fizeram sucesso e algumas delas viraram clássicos do rock nacional, caso de: Será,Ainda É Cedo,Geração Coca-Cola,Soldados e  Por Enquanto.

Uma das primeiras dificuldades que o,na época, quarteto  enfrentou foram as negações que gravadora fez.A primeira foi com o nome do disco que era para se chamar Mitologia e Intuição.Quando resolvido este primeiro obstáculo, a banda teve a ideia de lançar um álbum duplo, já que o nome definitivo era Dois, que incluiria o material do que viria a ser Que País É Esse? mas a EMI vetou novamente dizendo que o custo seria o dobro e ficaria caro para o público comprá-lo na loja, portanto deveria ser feito um disco simples.

Superado os obstáculos o material foi lançado em julho do mesmo ano. E graças ao “vazamento” para a rádio Transamérica que tocou o disco inteiro,muitas músicas começaram a fazer  sucesso de maneira espontânea o que contribuiu pro sucesso de vendas, que na época foi de 1,2 milhões de cópias vendidas.

A faixa que abre o álbum, Daniel Nas Cova  Dos Leões, começa com um trecho de Será tocado no rádio e já vem com uma guitarra e bateria bem típica da Legião, Renato Rocha com uma linha de baixo muito boa e  um teclado que dá um clima muito bom para a canção.Na seqüencia uma das músicas mais  na linha acústica da banda, Quase Sem Querer , que possui uma letra bem feita e uma sonoridade bacana de ser ouvida.

Acrilic On Cavas tem um ar de Joy Division, e assim como Daniel Na Cova Dos Leões tem um clima  que cria todo um ambiente para a canção, o que torna ela uma canção peculiar do disco.Logo depois vem um mega clássico da história não só do rock como da música nacional: Eduardo e Mônica. Perfeito é pouco para definir esta mega música, que possui uma senhora letra, onde é relatada uma história de um jovem casal e é mostrado todos os altos e baixos da relação.A canção tem o mérito de conseguir com que milhões de fãs cantassem toda letra de cor, mesmo não contendo refrão (feito que a banda alcançaria no ano seguinte com Faroeste Caboclo).

Na seqüência uma novidade, a primeira música instrumental da Legião, Central Do Brasil é toda feita na base de violão, um clima bem acústico que prepara o ouvinte para o petardo sonoro que está por vir.

Tempo Perdido, sou suspeito pra falar, é a malhor faixa não só do álbum,mas também do grupo e uma das 10 melhores da história do rock nacional.Tudo ali está encaixando perfeitamente.A bateria de Bonfá, o riff de Dado,a performance sensacional de Renato Russo e os versos que ecoam nas mentes dos fãs e admiradores da bada, “Nosso suor sagrado e bem mais belo que esse sangue amargo” “Todos os dias quando acordo,não tenho mais o tempo que passou..” Somos tão jovens…”. E o final todo acústico fecha com chave de ouro esse hino.

Metrópole contém uma crítica, que infelizmente permanece atual, o fato de boa parte da população dar audiência às notícias “mundo cão” que são exibidas à exaustão nos noticiários:  “É sangue mesmo não é mertiolate e todos querem ver e comentara novidade. Ó tão emocionante um acidente de verdade.Estão todos satisfeitos, com o sucesso do desastre: Vai passar na televisão”.Plantas Embaixo Do Aquário é um punk (genêro que Renato Russo era fã) muito bem executado, com um refrão pegajoso: “Não deixe a guerra começar”.

Música Urbana 2 é uma das centenas de canções, que só reforça mais e mais a genialidade de Renato Russo, só com um violão e voz ele consegue fazer uma obra-prima. Andrea Doria além de possuir uma bela letra,tem uma das melhores performances de Dado, com dobras de guitarra que são a identidade da música.

Fábrica, que é uma espécie de manifesto de trabalhadores contra as condições precárias de trabalho;  serviu como música de abertura de shows durante um bom tempo para a Legião.

Para fechar o disco com uma mega chave de ouro, mais um clássico eterno do rock nacional: Índios. Reza a lenda que Renato Russo escreveu a letra em 10 minutos.E segundo Mayrton Bahia,produtor do disco, Renato conseguiu gravar os vocais da música logo no segunto take de gravação lendo a letra.

Ao final da audição do disco percebe-se que a banda tirou de letra o grande desafio do segundo disco e com ele conseguiu escrever de vez o nome da Legião Urbana no rock e na história música brasileira.