Blood Sugar Sex Magik: Os 25 Anos Da Consagração Do Red Hot

blood-sugar-sex-magic

Por Renato Gonzaga

24 de setembro de 1991. A data que ficaria marcada com o lançamento de um dos maiores discos de todos os tempos: Blood Sugar Sex Magik. Para muitos fãs, este é o melhor trabalho já lançado pelo Red Hot Chili Peppers e não é difícil entender o porquê.

Continuar lendo

Anúncios

O Ícone De Uma Geração

Segundo disco do Nirvana, com capa histórica de Kirk Weddle, tornou-se um símbolo dos anos 90.

Segundo disco do Nirvana, com capa histórica de Kirk Weddle, tornou-se um símbolo dos anos 90.

Se a música dos anos 90 tivesse um RG, certamente sua naturalidade seria a cidade de Los Angeles, mais precisamente o Sound City Studios, com o nascimento ocorrendo no dia 24/9/1991, sua foto traria um bebê com o pinto de fora numa piscina atrás de uma nota de 1 dólar presa a um anzol, seus pais seriam Butch Vig, Dave Grohl, Krist Novoselic, Kurt Cobain e seu nome seria Nevermind.

Continuar lendo

Classicaço 90’s

Caçadores de Emoção

Se há um filme pelo qual o talento da diretora Kathryn Bigelow merecia ser devidamente premiado, este está longe de ser o oscarizado e assistível “Guerra Ao Terror” de 2008; todas as honrarias deveriam ser endereçadas a um dos grandes clássicos do cinema de ação 90’s, e consequentemente dos tempos áureos da Sessão da Tarde: Caçadores de Emoção (Point Break, EUA, 1991).

Continuar lendo

Só um grande nome não basta

O-Exterminador-do-Futuro-Gênesis poster

Se fosse concedida a mim a chance de voltar no tempo 12 anos, um dos alertas que daria ao pré-adolescente Lucas de 13 anos ainda em estado de êxtase por ter tido seu primeiro contato com a obra-prima Exterminador do Futuro- O Julgamento Final era a de que justamente dessa franquia viria um dos momentos de maior raiva e decepção já vividos por ele numa sala escura do cinema.

Certamente o jovem iria achar aquilo um absurdo, e mandaria um sonoro “vá se foder!”. Ah, pobre padawan, não sabe que estaria desperdiçando um conselho de ouro para não se sujar com tamanha inundação de estrumes vinda da grande decepção cinematográfica dos últimos tempos: Exterminador do Futuro- Gênesis (EUA,2015).

Continuar lendo

Da dor a consagração

Pearl Jam Twenty

A melhor definição para o processo embrionário sobre uma das melhores bandas de rock de todos os tempos veio não de um dos seus integrantes, mas, de um amigo muito próximo: “O Pearl Jam nasceu da junção da dor: primeiro da parte do Jeff e do Stone pela perda do Andrew Wood (vocalista do Mother Love Bone), e segundo pela da perda do pai do Eddie”, crava Chris Cornell.
Continuar lendo

Vivendo o sonho novamente

Documentário dirigido por  Davis Guggenheim, mostra o processo de gravação de Achtung Baby.

Documentário dirigido por
Davis Guggenheim, mostra o processo de gravação de Achtung Baby.

“Temos planos novos para o U2. Não é nada de mais, mas a gente vai dar um tempo, para poder sonhar com tudo isso de novo.” Bono Vox, 1989. O final da década de 80 não terminou da maneira como deveria para o grupo irlandês; após o lançamento do documentário, e disco, Rattle and Hum em 88, que registrou a bem sucedida turnê norte-americana de The Joshua Tree e as excelentes parcerias com B.B King e Bob Dylan, a crítica não foi nada generosa e desceu a lenha, dizendo que aquilo era uma atitude megalomaníaca de um grande grupo de rock que estava perdido devido ao grande sucesso conquistado.

Continuar lendo

Várias variáveis de um sucesso

Livro de Gessinger traz olhar intimista sobre trajetória de sucesso do Engenheiros do Hawaii.

A data é 11 de janeiro de 1985, Humberto Gessinger (então guitarrista), mais Carlos Maltz (bateria) e Marcelo Pitz (baixo), fazem o primeiro show do Engenheiros do Hawaii que, numa coincidência do destino, ocorre no mesmo dia da aber­tura do primeiro Rock in Rio, na faculdade de arquitetura de Porto Alegre.

Continuar lendo

Round 1! Fight!

Maior jogo de luta da história dos games completa 25 anos este ano.

“Cara, fazer um hadouken é fácil, você aperta pra cima e pra baixo duas vezes, aperta ao mesmo tempo X e Y, dá uma meia lua, daí você solta ele!” Se você também fazia confusão na hora de entender essa mensagem, sua infância, adolescência, sua vida foi muito mais feliz e completa graças a um grande fenômeno dos games e da cultura pop: Street Fighter!

Continuar lendo

Achtung Baby

Clássico de 91 foi determinante para carreira do U2 e para história do rock.

Fazer a introdução do post de hoje, não foi uma tarefa das mais fáceis, pois quem frequenta este blog e chegou a ler boa parte dos textos que escrevo sobre música, já deve ter percebido que um primo que considero como irmão, teve um papel importantíssimo na minha formação musical. Ainda me lembro bem de quando começamos a trocar ideias e nosso elo de ligação era nosso grande ídolo Michael Jackson, e todas as dúvidas que eu tinha sobre o rei do pop lá estava Jean Jones para tirá-las, e se hoje sou grande fã do astro, devo muito a seu incentivo, que aliás, foi muito além da fronteira do pop, quando comecei a passar as férias em sua casa, nos meus 16 anos, Jean tinha a maior paciência do mundo em não só mostrar grandes nomes do rock nacional e internacional, mas também, das jóias da dance music dos anos 80 e 90, e além de contar a história de cada um deles, comentava comigo a discografia desses artistas de forma minuciosa, e até hoje me apresenta dicas fodásticas de artistas novos, clipes e dvd´s musicais, vivemos filosofando sobre os tempos áureos da MTV Brasil, cinema, cultura pop e manifestações culturais que fazem esse planeta girar.

Eis que numa troca de e-mails, meu grande guru musical me surpreende com uma proposta irrecusável: fazer uma participação especial no blog comentando uma importantíssima obra do U2: Acthung Baby. Nem pensei meia vez em topar a participação e, ao receber seu e-mail com seu texto, me emocionei com seu relato de um fã que tem uma belíssima relação de admiração e amor à música; posso ser suspeitíssimo para falar da qualidade do texto e de seu autor, mas para o leitor que lê esse post, ter uma noção do que a amizade com esse cara representa pra mim, é a mesma coisa que Quincy Jones representou para Michael Jackson!

Sem mais delongas, confira abaixo o parecer de Jean Jones sobre um dos maiores marcos, da maior banda de rock em atividade no mundo:

Continuar lendo

Ganhando Voz Na TV

Programa apresentado por Serginho Groisman, revolucionou o jeito de se fazer tv e a linguagem do jovem brasileiro.

Com o fim do ano se aproximando, e 2012 já batendo na porta, as previsões, planos, palpites e metas já começam a ser feitos, porém o que  gostaria de fazer nessa reta final de 2011 é o caminho oposto, gostaria de convidar você leitor do blog a uma saudosa volta ao passado, mais especificadamente aos anos 90, e relembrar uma das coisas que fizeram valer (e muito) a pena ter vivido aquela década: Programa Livre.

Continuar lendo