Classicaço 90’s

Caçadores de Emoção

Se há um filme pelo qual o talento da diretora Kathryn Bigelow merecia ser devidamente premiado, este está longe de ser o oscarizado e assistível “Guerra Ao Terror” de 2008; todas as honrarias deveriam ser endereçadas a um dos grandes clássicos do cinema de ação 90’s, e consequentemente dos tempos áureos da Sessão da Tarde: Caçadores de Emoção (Point Break, EUA, 1991).

Lançado no mesmo que seu então marido- e produtor executivo da fita- presenteou as telonas com nada mais nada menos que o monumental “Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final”, o filme de Bigelow também fez bonito naquela temporada, e passados 25 anos, não é difícil ver o porque dele ter conseguido com louvor tal feito.

Com uma trama simples e direta ao ponto, somos apresentados ao agente novato do FBI Johnny Utah (Keanu Reeves), que é transferido para a unidade de Los Angeles com uma difícil missão a ser cumprida: impedir que a gangue conhecida como os “Ex-Presidentes” continue tendo êxito em seus precisos assaltos aos bancos da cidade.

Tendo a ajuda do veterano Angelo Pappas (Gary Busey), que tem a teoria de que os assaltantes sejam surfistas da praia da região sul de L.A, Utah se infiltra no universo do surf e logo fica amigo do carismático líder Bodhi (Patrick Swayze).

Indo até o limite.

Indo até o limite.

O fato de ter sido comandado por Katryn Bigelow, com aporte de Cameron, foi decisivo para o que poderia ser um mero passatempo, se transformasse em um filmaço. Numa época muito longe das “Go Pro”, a diretora conseguiu filmar imagens incríveis de manobras de surf e saltos de paraquedas que transmitem uma adrenalina impactante, somadas a uma fotografia deslumbrante, e um ritmo que consegue alternar bem entre o frenético e contemplativo.

A dobradinha Reeves e Swayze dá liga, com excelentes e competentes atuações de ambos; o encanado agente que tenta ser descolado juntamente com o surfista guru viciado em adrenalina figura fácil como um dos melhores “bromances” do cinema.

Sua trilha sonora é bem colocada na tela, o que ajuda na orquestração de momentos épicos, e o roteiro herda uma das características mais bacanas dos filmes de ação dos 80: frases de efeito, ótimas sacadas de sarcasmo, momentos de auto-ajuda simples, mas precisos, e romance na medida.

Caçadores de Emoção é a prova viva de que o cinema é capaz de proporcionar filmes de ação de apelo pop com conteúdo de qualidade, e se você por acaso ainda não o viu, dois avisos: assista o mais rápido possível, e em relação ao remake de 2015, faça como este mero blogueiro e não assista nem ao trailer desta bomba anunciada, que graças à Deus, não fez um arranhão sequer a memória de uma das maiores dádivas cinematográficas 90’s.

Ficha Técnica

Gênero: Ação

Direção: Kathryn Bigelow

Roteiro: Peter Ilich

Elenco: Gary Busey, James LeGros, John McGinley, Keanu Reeves, Lori Petty, Patrick Swayze

Produção: Peter Abrams, Robert L. Levy

Fotografia: Donald Peterman

Trilha Sonora: Gary Goetzman, Mark Isham, Sharon Boyle

Duração: 122 min.

Ano: 1991

País: Estados Unidos

Cor: Colorido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s