Encerrando com competência

Homem Formiga

Se há dez anos a idealização de um filme do Homem-Formiga (EUA, 2015) poderia soar como ridícula e arriscada, hoje a Marvel pode se orgulhar de ter mais uma grata surpresa no seu universo cinematográfico.

Assim como Os Guardiões Da Galáxia, o diminuto herói além de não ser muito conhecido do grande público e não ter sua trajetória muito bem desenvolvida nos quadrinhos teve de enfrentar outro grande problema antes de ganhar vida nas telonas: sua produção!

Um pouco antes de começarem as filmagens, o então diretor e roteirista Edgard Wright (do excelente Scott Pilgrim Contra O Mundo) por uma série de divergências criativas com o estúdio, como o fato de não concordar em integrar o filme com o universo cinematográfico do estúdio, resolveu pular fora após anos de trabalho.

Para encarar essa difícil missão, a casa das ideias arriscou e convocou o diretor Peyton Reed, diretor de comédias como Sim Senhor, que não possuía experiência em uma grande produção de ação.

O que poderia ser um erro e sinal de uma grande tragédia, felizmente se traduziu numa feliz escolha, já que tal mudança pode ser considerada o fator chave para que Homem Formiga possa ter dado tão certo.

Ao invés de pegar a história da primeira encarnação do herói, aqui o filme toma o caminho inverso: somos apresentados a um já velho Hank Pym (Michael Douglas), milionário do ramo da ciência que é alertado pela sua filha Hope (Evangeline Lilly) sobre os planos de seu outrora pupilo Darren Cross (Corey Stoll), em executar o projeto da criação de um pequeno exército militar baseado no seu antigo traje.

Hora de entrar em ação!

Hora de entrar em ação!

Na tentativa de brecar os planos de Cross, Pym resolve recrutar o ladrão de bom coração Scott Lang (Paul Rudd) para ser o novo Homem-Formiga, prometendo a ele uma nova vida e a chance de se redimir com sua pequena filha.

A já conhecida fórmula de misturar ação com humor e referências a seus filmes e hq’s, aqui se encontra executada de uma forma bastante criativa, numa maneira tão orgânica que o espectador não sente isso de uma maneira forçada.

Mas é no elenco que a obra encontra sua força, com uma atuação excelente de Paul Rudd na pele do herói, assim como o grande Michael Douglas na função de seu mentor e da bela e competente Evangeline Lilly, que dá o toque de drama familiar na medida certa no núcleo central da história.

Isso sem contar nos efeitos especiais impecáveis, que podem ser notados na cena de abertura com um surpreendentemente rejuvenescido Michael Douglas de 1989, e nos momentos em que o Homem-Formiga entra em ação e vemos o mundo sob sua perspectiva diminuta.

Porém, o aspecto que dá uma diminuída no filme, fica por conta do mal desenvolvimento de seu vilão. Corey é muito bom ator, mas ficou prejudicado por um roteiro que não soube trabalhar a imagem de ameaça e motivações críveis para seu personagem, o que tira um pouco o brilho da trama.

Se analisados todos os percalços que o filme enfrentou pra chegar até aqui, Homem-Formiga consegue encerrar com competência a Fase 2 do UCM (Universo Cinematográfico Marvel), e abre com louvor os novos caminhos para as próximas produções.

Ficha Técnica

Gênero: Ação

Direção: Peyton Reed

Roteiro: Adam McKay, Edgar Wright, Joe Cornish, Paul Rudd

Elenco: Bobby Cannavale, Corey Stoll, Evangeline Lilly, Hayley Atwell, John Slattery, Jordi Mollà, Judy Greer,Michael Douglas, Michael Peña, Paul Rudd, T.I., Wood Harris

Produção: Kevin Feige

Fotografia: Russell Carpenter

Montador: Colby Parker Jr., Dan Lebental

Trilha Sonora: Christophe Beck

Duração: 117 min.

Ano: 2015

País: Estados Unidos

Cor: Colorido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s