Censura Noir

Segundo longa dirigido pelo astro George Clooney, retrata de forma elegante e clássica o período de "caça às bruxas" nos Estados Unidos nos anos 50.

Segundo longa dirigido pelo astro George Clooney, retrata de forma elegante e clássica o período de “caça às bruxas” nos Estados Unidos nos anos 50.

George Clooney pode até dividir público e crítica quanto a suas atuações e escolha de filmes, mas, se há algo em sua carreira que agrada a gregos e troianos é seu trabalho atrás das câmeras como diretor, fato esse atenuado com seu segunda longa: Boa Noite e Boa Sorte (EUA, 2006).

A história retrata o início das transmissões televisivas norte americanas nos anos 50, período em que o senador Joseph McCarthy (retratado no filme através de imagens de arquivo) entrou numa perseguição paranoica conhecida como “caça às bruxas” ou “macarthismo”, contra comunistas infiltrados no país.

Determinado a mostrar que as investigações do político não tinham fundamento e eram feitas de maneira obscura, o ousado jornalista Edward R. Morrow (David Strathairn), juntamente com seu produtor Fred Friendly (George Clooney) e os repórteres do programa “See It Now”, bate de frente ao mostrar o outro lado da moeda da história, prática até então pouco usada no jornalismo da época, com depoimentos dos acusados.

Provocando a ira de McCarthy, o âncora da CBS sofre acusações de ser um dos cabeças do movimento comunista dos EUA, acusação refutada por Murrow, que não só se defende dela como se aprofunda no caso, que culmina no processo de cassação do político.

boa noite e boa sorte cena

Com uma fotografia fantástica em P&B em um tom seco, dando o clima noir clássico, Clooney consegue retratar um dos períodos mais marcantes da política e TV norte americana, através de uma direção precisa com enquadramentos nos atores, que dá uma sensação de intimidade dos personagens com a câmera, costurada a um roteiro afiadíssimo, que faz com que os 93 minutos do filme tenham uma tensão do início ao fim.

Vale ressaltar também a excelente e impecável atuação de David Strathairn no papel do protagonista, que dá um toque de realismo e impacto ao personagem, ganhando o espectador logo de cara em prol de sua luta.

Mais do que a queda do senador Joseph McCarthy, em um dos primeiros escândalos de corrupção notórios do tio Sam, ou da vitória do célebre jornalista do bordão “Boa Noite e Boa Sorte” (que dá título a história e inspirou nosso famoso jornalista Paulo Henrique Amorim), o filme traz uma questão tão recorrente nos dias de hoje: a liberdade de expressão e o jornalismo isento de interesses comerciais.

Essa questão fica mais do que evidenciada no discurso inflamado de Murrow, que abre e fecha brilhantemente o longa, onde diz que é preciso um desprendimento do jornalismo da publicidade, e que a qualidade do mesmo está atrelada com a qualidade da TV. Dentro deste contexto, o telespectador tem o importantíssimo papel de avaliar a qualidade televisiva e não permitir que ela apenas despeje diversão afim de alienar o povo, pois caso contrário, ela apenas será uma caixa preta de luzes e com um monte de cabo dentro.

Espera-se que com o tempo este excelente trabalho de Clooney possa abrir os olhos de várias pessoas e que possamos mudar esse panorama caótico, e quem sabe um dia fazermos e termos uma mídia de qualidade?! Fica a torcida!

FICHA TÉCNICA

Gênero: Drama

Direção: George Clooney

Roteiro: George Clooney, Grant Heslov

Elenco: Alex Borstein, Christoph Luty, David Paul Christian, David Strathairn, Dianne Reeves, Don Creech, Frank Langella, George Clooney, Glenn Morshower, Grant Heslov, Helen Slayton-Hughes, JD Cullum, Jeff Daniels, Jeff Hamilton, John Kepley, Joyce Lasley, Matt Catingub, Matt Ross, Patricia Clarkson, Peter Jacobson, Peter Martin, Ray Wise, Reed Diamond, Robert Downey Jr., Robert John Burke, Robert Knepper, Rose Abdoo, Simon Helberg, Tate Donovan, Thomas McCarthy

Produção: Grant Heslov

Fotografia: Robert Elswit

Trilha Sonora: Jim Papoulis

Duração: 93 min.

Ano: 2005

País: Estados Unidos

Cor: Colorido

Classificação: 14 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s