Os 10 melhores filmes para fugir dos clichês de Natal

" É pavê ou pacomé?" by Tio Joselito.

“É pavê ou pacomé?” by Tio Joselito.

Ah, o Natal! E com ele a música de Simone “Então é Natal” ecoa nos shopping centers e supermercados, a Globo vem com o tradicional show de fim de ano do “rei” Roberto Carlos e os filmes natalinos na “Sessão da Tarde”. Papais Noeis surgem como uma praga nos lugares mais inusitados possíveis, a família se reúne para a tradicional ceia, onde sempre tem o tio da piada do pavê, e os priminhos daquela tia que mal mantêm contato e que mais parecem mini bombas atômicas!

Se você já está de saco cheio de todos esses clichês natalinos, que insistem em infernizar todo fim de ano, hoje resolvemos preparar uma lista de dez filmes que ajudarão na escapatória dessa cilada.

Nada de Papai Noel por engano, filmes gudi gudi, romances água com açúcar, cheios de finais felizes para ver com toda família; abaixo segue um top 10 em que há de tudo, menos o “espírito natalino”! Hohohohohoho!

10- Os embalos de sábado a noite

Os Embalos e Sabado A noite jpg

Para começar a lista com estilo, nada melhor do que um clássico que completou 35 anos nesse mês. Um dos maiores ícones da cultura pop, que ditou moda, comportamento, foi um retrato fiel de uma época incrível do fenômeno da disco music, com uma trilha sonora impecável recheada de hits do Bee Gees, com passos de dança icônicos do grande Tony Manero e que está para sempre marcado nas mentes e nos corações dos amantes da música e do cinema!

9- A Chave Mestra

A Chave Mestra

Caroline Ellis (Kate Hudson) é uma enfermeira que não acredita em superstições e no sobrenatural, porém, ao aceitar ser babá de um senhor enfermo por circunstâncias misteriosas, ela perceberá que a mansão onde trabalha irá mudar sua opinião sobre o assunto. Ótimo suspense, com história bem bolada e que não força a barra.

8- Crash- No Limite

Crash

Todo cinéfilo já foi ao cinema sem muitas perspectivas, ou até mesmo, sem saber o que ver e acabou se deparando com um dos melhores filmes que já viu na vida; este foi o meu caso quando me deparei com o drama oscarizado “Crash- No Limite”. Com várias histórias paralelas que se cruzam, possui uma trama cheia de momentos marcantes que prendem o espectador do início ao fim e que transforma nossa visão de encarar fatos do nosso cotidiano.

7- Sinais

Sinais

De todos os filmes de suspense que já vi até hoje, e me perdoem os cinéfilos de carteirinha, mas ainda não vi a filmografia do mestre Hitchcock, este é o meu favorito. No interior dos Estados Unidos, uma família liderada pelo ex-pastor Graham Hess (Mel Gibson), vive numa fazenda na qual possuem uma vasta plantação de milho, onde um dia Graham acorda com o grito de seus filhos, e com a ajuda de seu irmão Merril (Joaquim Phoenix), eles adentram na plantação e descobrem um estranho grande corte em círculo que prenuncia uma invasão alienígena. Sem sombra de dúvidas, o melhor filme de M. Night Shyamalan!

6- Curtindo a vida adoidado

curtindo a vida adoidado

Eterno clássico da Sessão da Tarde e dos anos 80, que fez com que 10 de cada 30 garotos quisessem ser Ferris Bueller, obra máxima do mestre John Hughes, possui várias cenas antológicas, como: o roubo da Ferrari do pai de seu melhor amigo, a invasão no PC da escola para excluir as faltas, o trote no diretor, a aula chata de história e a parada histórica ao som de “Twist And Shout” dos Beatles! Uma verdadeira lição de como devemos aproveitar a vida de forma alegre, porque ela pode ser curta demais.

5- O Alvo

O Alvo

Chance Boudreaux (Jean-Claude Van Damme) é um estivador que trabalha no cais de Nova Orleans e que se envolve numa briga de bar para defender a bela Natasha Binder (Yancy Butler), que consegue a ajuda de Chance para achar seu pai desaparecido. Dirigido pelo diretor chinês John Woo, o filme é recheado de cenas de luta bem coreografadas e com câmeras lentas que se tornaram a marca registrada de Woo, este foi um dos últimos grandes filmes hollywoodianos de Van Damme antes de Os Mercenários 2.

4- Gremlins

gremlins

Para se cuidar de um mogwaii, um bicho fofinho e peludinho, três regras devem ser obedecidas à risca: nunca os alimente depois da meia noite, nunca os deixe em contato com a água e jamais os deixe expostos a luz do sol! Caso elas sejam desobedecidas, sérias consequências virão pela frente, e estes seres lindinhos se transformarão nos endiabrados Gremlins, que destroem tudo o que veem pela frente e causam enorme caos por onde passam.

3- Debi e Lóide

Debi e Loide

A melhor comédia de todos os tempos, que causa milhões de gargalhadas de doer a barriga, mesmo sendo assistido pela enésima vez! Grande marco na carreira de Jim Carrey e Jeff Daniels, o filme explora as mais hilariantes e absurdas situações que uma dupla de idiotas pode viver. Recomendado para quando necessitar melhorar o astral e se divertir como se não houvesse amanhã.

2- Comando para matar

Comando Para Matar

Neste filme o mito Arnold Schwarzenegger não deixa pedra sobre pedra e mata nada mais nada menos do que 88 inimigos! Morando no alto das montanhas com sua filha, o coronel aposentado John Matrix (Schwarzenegger), tem sua tranquilidade ameaçada quando um ex-colega que chefia um grupo de mercenários sequestra sua pequena Jenny, porém, o vilão mal sabe que mexeu com o cara errado. “Lembra quando eu te disse que deixaria você morrer por último? Eu menti!”

1-Stallone Cobra

Stallone Cobra

“Você é uma doença, e eu sou a cura!” “Cretino, você é um cocô, e eu vou acabar com você!” “Ei, eu vou explodir este lugar!” “Vai fundo, eu não faço compras aqui mesmo!” Clássico máximo, o maioral, testosterona mil a flor da pele e um dos grandes momentos do mestre Sylvester Stallone. Na trama Stallone é Cobra, um policial que não tem lenga lenga, que resolve as coisas a sua maneira e que é o único capaz de conter a onda de violência espalhada na cidade por uma gangue. Pra fechar a lista com chave de macho!

Anúncios

2 comentários em “Os 10 melhores filmes para fugir dos clichês de Natal

    • Vinícius valeu pela dica do “Calouro da Máfia”, já está anotada na minha lista de filmes que quero ver! E realmente Curtindo A Vida Adoidado é um clássico; e se der veja mesmo nesse natal “Os Embalos De Sábado A Noite” e vai ver porque o filme é essencial para quem é cinéfilo e amante de boa música. Abraço e boas festas de fim de ano, sem ciladas e clichês!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s