Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas

Jack Sparrow Capitão Jack Sparrow (Johnny Depp) está de volta às telonas e dessa vez ele não está indo em direção ao Fim do Mundo – sinto admitir, como fã incondicional de Depp, mas, foi bom ele ter ficado por lá­ –, pois se quer possui seu barco Pérola Negra.

No quarto filme da franquia de maior sucesso da Disney atualmente, o pirata mais querido dos espectadores embarca em uma nova aventura. Nada de continuações ou sequências do confuso Fim do Mundo – que para mim ficou sem fim algum – Jack está em busca da lendária Fonte da Juventude.

Enquanto Jack está sob o domínio do Rei George II, Jack Sparrow está recrutando marujos para voltar a navegar… – Peraí, mas como o Jack pode estar preso pelo rei e recrutando marujos ao mesmo tempo? – mas, o que ninguém sabe é que este que está a procura de marujos não é o verdadeiro Jack. Tem alguém se passando por ele. Esse alguém é Angelica (Penelope Cruz) antigo affair [?] de Sparrow.

Angelica estava prestes a fazer seus votos em um convento quando conhece Jack e se apaixona por ele.  É uma relação antiga, cheia de sedução, amor, ódio, traições…e surpresas: Angelica é filha do temido Barba Negra (Ian McShane) que, assim como Jack está em busca da Fonte da Juventude. Ele havia ficado sabendo, através de uma profecia, que um homem de perna de madeira (Barbossa) traria consigo sua morte.

Jack Sparrow sabia onde ficava a Fonte da Juventude, mas isso não bastava: além de chegar ao local, era preciso dois cálices e a lágrima de uma sereia – aliás ponto altíssimo do filme, na minha opinião, foi mostrar a verdadeira essência das sereias, né JJunior? Na terra são doces e inofensivas; na água, verdadeiras ‘predadoras’ – Nesse contexto ainda temos os espanhóis e ingleses que estão em busca das mesmas coisas, porém com objetivos diferentes.

Por falar em sereias, Serena (Astrid Bergés-Frisbey) entra em cena juntamente com Philip (Sam Claflin), um marujo religioso que crê em seu Deus e é o mais – se não o único – humanitário do grupo. Eles vêm para substituir o casal – sem tempero – dos filmes anteriores: Will Turner (Orlando Bloom) e Elisabeth Swann (Keira Knightley) e dão o ar do romance, a priori, puro e inocente ao filme.

Apesar de muita gente ter reclamado, resmungado e etc a respeito do filme, considero que Navegando em Águas Misteriosas voltou a dar um UP na saga de Jack Sparrow, que como não poderia deixar de ser, continua com seus trejeitos, manias, porres e confusões de sempre. Pra quem é fã – assim como eu – fiquem de olho na cena que tem após os créditos!

Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides
EUA , 2011 – 137 min.
Ação / Aventura / Fantasia

Direção:
Rob Marshall

Roteiro:
Ted Elliot, Terry Rossio

Elenco:
Johnny Depp, Penelope Cruz, Geoffrey Rush, Ian McShane, Kevin McNally, Sam Claflin, Astrid Bergés-Frisbey, Stephen Graham, Keith Richards, Richard Griffiths, Oscar Jaenada

Anúncios

4 comentários em “Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas

  1. Eu gostei muito do filme, foi uma volta as origens, bem estilo o 1º!
    E os dizeres dos Espanhóis ao chegar a fonte eu os adotei para mim! rsrsrs

    E nos próximos teremos o que? Tritões, Serpente do mar????? rs

  2. Eu gosto da franquia, mas não gostei desse último…

    Achei bem fraco pra dizer a verdade, rs

    Eu sei que é um cinemão pipocão e tals, eu adoro, mas esse achei bem bobo… o Depp é excelente, mas parece que ele não se “jogou” com tudo para o filme, as piadinhas, a grande maioria do Jack eu não ri, pois achei forçadas demais.

    E a história é muito boba, mas boba demais, fonte da juventude?! porra, não gostei, ehehe!

    O primeiro foi muito legal, e depois foi decaindo…

    A penelope pra mim não adicionou em nada no filme, sem sal ela…

    E uma coisa que me deixou entucado(rss) nesse filme, porque a sereia após ser libertada pelo sacerdote foi ajudar o Jack? ela pegou os cálices e deu para o jack, mas eu pergunto, PORQUÊ? ela foi capturada, espancada e deixaram ela amarrada para morrer, mas assim mesmo depois de libertada ela ajuda o Jack, que com quem não teve sequer um tempo para papo, rs

    Não faz sentido ela ter ajudado.

  3. eu sou a fá numero 1111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111 da seryna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s