Um Gênio De Perto

Dirigido por Roberto Berliner e Pedro Bronz, documentário traz um um retrato íntimo da vida do líder dos Paralamas Do Sucesso.

Sem sombras de dúvidas um dos maiores nomes da guitarra nacional, é o líder dos Paralamas Do Sucesso: Herbert Vianna. Lançado em 2009, o documentário Herbert De Perto, é mais do que uma justa homenagem e sim um retrato íntimo muito bem feito pelos diretores Roberto Berliner (que já dirigiu alguns clipes da banda) e o estreante Pedro Bronz.

O filme mostra com cenas raras intercaladas com as filmadas em 2005 (quando a banda estava gravando o disco Hoje) a vida do cantor desde sua infância na Paraíba, onde vivia com seu pai (piloto da FAB) Hermano Viana, sua mãe Tereza e seu único irmão também chamado Hermano. É interessante ver que desde pequeno Herbert estava determinado em ser músico, quando seu pai conta a história de que ele quando tinha seus nove anos ao avistar um Papai Noel de loja foi conversar com ele pedindo que trocasse sua bicicleta por um violão de verdade e em pouco tempo ele não estava tendo aulas e sim dando elas ao seu professor ensinando-o novas técnicas.

É curioso também o depoimento de dona Tereza ao falar da primeira formação dos Paralamas Do Sucesso, quando Vital ainda era o baterista da banda, ao dizer para o filho quando ouviu sua primeira demo: “ Filho vocês não vão a lugar  nenhum com esse baterista!”. Depois de um show que Vital não compareceu na Universidade Rural do Rio, em 1982, eles encontraram por acaso nada menos do que o cara que viria a ser o melhor baterista do Brasil: João Barone. Pronto ali estava formada uma das maiores bandas do rock brasileiro.

O show de estréia dos Paralamas no Circo Voador (templo da explosão do rock brasileiro nos anos 80) ao abrir para Lulu Santos; também está registrado seu apogeu, na histórica apresentação do Rock In Rio em 85. Assim como a escalada para o sucesso latino, quando eles conquistaram os públicos argentino, uruguaio, chileno, etc.

Mas o momento mais tocante e o ápice do documentário são quando o próprio Herbert se depara com as imagens de sua amada Lucy Needham Vianna e ele e seus amigos comentam sobre o acidente que sofreu com seu ultraleve em janeiro de 2001 que o deixou paraplégico e vitimou sua esposa; tudo é feito de uma maneira sincera sem ter apelo melodramático. Na seqüência é mostrada sua recuperação, que com muita garra e perseverança fez com que o líder paralâmico desse uma incrível volta por cima.

O único ponto falho do filme foi deixar passar em branco alguns momentos da carreira dos Paralamas, como os discos Bora Bora de 88 e Big Bang de 89, e faltou os depoimentos do jornalista Jamari França, autor da biografia da banda Vamo Bate Lata, e principalmente do maior produtor musical do Brasil e fundamental no sucesso da banda: Liminha. Porém os extras do DVD dão uma boa suprida nessa lacuna, ao trazer alguns clipes, a banda explicando como estava funcionando o processo de composição de Bora Bora e a ótima e interessante filmagem do sítio Mendes em junho de 1987.

Se você assim como eu é fã do Paralamas Do Sucesso, e quer conhecer melhor a vida de um dos maiores gênios de nossa música, deve assistir a este ótimo documentário que com a franqueza e a disposição de Herbert Vianna de participar dele, agrega um grande valor não só ao filme, mas também ao rock brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Diretor: Roberto Berliner, Pedro Bronz

Produção: Chris Alcazar

Fotografia: Paulo Violeta, Reynaldo Zangrandi, Renato Carlos, André Horta

Duração: 92 min.

Ano: 2006

País: Brasil

Gênero: Documentário

Cor: Colorido

Estúdio: TV Zero

Classificação: 10 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s