Cult Trash

Tim Burton conseguiu de maneira perfeita retratar a vida do "pior diretor de todos os tempos".

Tanto eu como meu amigo e sócio de blog Jay Jay, somos suspeitos para falar de filmes trash, caseiros, pois somos fãs e admiradores deste gênero que de tão ruim e tosco é ótimo. Mas se este gênero hoje tem o status de Cult, muito se deve a um grande homem e nome dos filmes trash: Ed Wood.

Considerado “o pior diretor de todos os tempos” Ed Wood ganhou uma cinebiografia dirigida pelo gênio Tim Burton, em 1994, estrelada por Johnny Deep no papel do homem que dá título e vida ao filme.

A obra consegue mostrar com elementos de drama, comédia e romance a vida de Wood e sua paixão por cinema. Mesmo com as críticas negativas que recebe com sua peça teatral (que abre o filme) o diretor na se abala e decide persistir em sua carreira. Ao saber que a história de um travesti está prestes a ganhar uma adaptação cinematográfica, ele se lança como diretor, produtor, roteirista e protagonista da empreitada. E é nesse momento que é revelado um segredo dele que na época causou enorme choque e furor: Ed gostava de se vestir como mulher (acreditava que assim se aproximava mais ainda das mulheres), o que faz como que seu casamento com Dolores Fuller (Sarah Jessica Parker) vá por água abaixo.

Outro aspecto abordado e que mostra o lado humano de Ed Wood é a sua amizade com o esquecido astro de filmes de terror Bela Lugosi (interpretado de maneira sublime por Martin Landau, que ganhou um Oscar por sua interpretação) o qual ele ajuda na sua luta contra o vício em morfina. Para elevar a auto-estima do amigo e ídolo, Ed faz com que Lugosi protagonize seus filmes tratando-o sempre com muito respeito e carinho e este retribui empenhado com bastante profissionalismo e talento sua interpretação nos filmes, mesmo estes sendo de qualidade inferior.

Um dos pontos altos do filme é a reprodução perfeita e exata dos filmes de Wood, que protagonizam os momentos hilários do filme e a caracterização dos atores que atuam neles. Vale também ressaltar a bela trilha sonora de Howard Shore que dá um toque cômico e fantástico ao filme. E por fim a extraordinária maquiagem de Rick Baker, que rendeu mais um Oscar para o filme.

Mas o ponto alto mesmo fica na reta final do filme quando  Ed Wood triste com a morte de Bela Lugosi e com dificuldades de filmar Plano 9 Do Espaço Sideral se encontra casualmente com seu grande ídolo: Orson Welles(Vincent D´Onofrio ). Encontro o qual gera uma conversa que muda a vida de Wood, ao ouvir de seu ídolo que se deve ter autonomia sobre seus filmes e fazê-los do seu jeito; o diretor fica determinado a terminar Plano 9 e fazer deste seu Cidadão Kane, alçando assim os filmes caseiros, trash, sem muito recursos financeiros e técnicos ao status de Cult.

Sem dúvidas o melhor filme (até o presente momento) feito por Tim Burton, superando os espetaculares Batman´s e Edward Mãos De Tesoura, e um dos pontos altos de genialidade e talento de Johnny Deep. Filme sensacional e essencial na vida dos cinéfilos!

FICHA TÉCNICA

Diretor: Tim Burton

Elenco: Johnny Depp, Martin Landau, Sarah Jessica Parker, Patricia Arquette, Jeffrey Jones, Vincent D’Onofrio, Bill Murray.

Produção: Tim Burton, Denise Di Novi

Roteiro: Scott Alexander, Larry Karaszewski

Fotografia: Stefan Czapsky

Trilha Sonora: Howard Shore

Duração: 124 min.

Ano: 1994

País: EUA

Gênero: Drama

Cor: Preto e Branco

2 comentários em “Cult Trash

  1. É um ótimo filme mesmo, gostei muito. Parabéns pelo post. Muito boa as falas e as expressões faciais dos atores. Bela Lugosi no filme sem duvidas é ótimo.

  2. Um dos clássicos e não tão conhecidos/renomados filmes do Depp. Mas é muito bacana! O legal do filme é que ele é bem real, mostrando as confusões, problemas e outros que Ed Wood passa pra conseguir fazer seus filmes.
    Da parte cômica, me lembro também de umas falas clássicas, onde a gravação da cena dava tudo errado e Ed só dizia que estava bom, pois assim ficava mais real, rsrs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s